Não nos Roubarão a Esperança

Júlio Magalhães

You are here: Home - Uncategorized - Não nos Roubarão a Esperança


Não nos Roubarão a Esperança

N o nos Roubar o a Esperan a Poder o amor nascer em tempo de guerra No Portugal de Salazar e nos tempos conturbados da guerra civil espanhola Miguel Oliveira volunt rio portugu s ao servi o das tropas nacionalistas de Franco f

  • Title: Não nos Roubarão a Esperança
  • Author: Júlio Magalhães
  • ISBN: 9789896263997
  • Page: 418
  • Format: Paperback
  • Poder o amor nascer em tempo de guerra No Portugal de Salazar e nos tempos conturbados da guerra civil espanhola, Miguel Oliveira, volunt rio portugu s ao servi o das tropas nacionalistas de Franco, feito prisioneiro pelos republicanos, depois de o seu avi o ter ca do nos arredores de Barcelona Um feliz golpe de sorte salva o de um julgamento sum rio e de uma morte cePoder o amor nascer em tempo de guerra No Portugal de Salazar e nos tempos conturbados da guerra civil espanhola, Miguel Oliveira, volunt rio portugu s ao servi o das tropas nacionalistas de Franco, feito prisioneiro pelos republicanos, depois de o seu avi o ter ca do nos arredores de Barcelona Um feliz golpe de sorte salva o de um julgamento sum rio e de uma morte certa por fuzilamento Ser trocado por um oficial republicano, perto de Madrid Miguel inicia uma longa viagem de autom vel que o vai levar de Barcelona a Madrid num territ rio pejado de perigos Ser durante essa intensa viagem que ele conhecer e se apaixonar por Dolores, a jovem republicana respons vel por lev lo capital espanhola Outrora uma defensora ardente da Rep blica, Dolores est nos finais da guerra, cansada de ver tanta morte e destrui o Para sua grande surpresa e sem nunca abandonar os seus ideais, a jovem republicana encontrar em Miguel um bom confidente e at um protetor Tendo como pano de fundo a violenta paisagem desenhada pela guerra civil, N o nos roubar o a esperan a, narra o nascimento de um grande amor que ter de provar ser mais forte do que o dio.

    • Î Não nos Roubarão a Esperança || ☆ PDF Read by · Júlio Magalhães
      418 Júlio Magalhães
    • thumbnail Title: Î Não nos Roubarão a Esperança || ☆ PDF Read by · Júlio Magalhães
      Posted by:Júlio Magalhães
      Published :2019-02-18T06:26:44+00:00

    One thought on “Não nos Roubarão a Esperança

    1. Margaret on said:

      Este é o meu primeiro livro de Júlio Magalhães e posso dizer que gostei bastante. O cenário – a Guerra Civil Espanhola – é um que aprecio e, neste contexto, temos a história de dois irmãos portugueses que vão lutar em lados opostos do conflito. O autor tem uma escrita cativante, fornecendo-nos pequenos pormenores históricos, sem nunca ser fastidioso. Como jornalista, ele tenta ser imparcial no seu relato e a verdade é que não me senti tentada a apoiar nem a causa Republicana, nem [...]

    2. Iceman on said:

      Confesso que, não sendo de todo um dos meus autores preferidos, já li todos os livros de Júlio Magalhães e, mesmo não apreciando a maioria deles, inclusive criticando-os fortemente, acabei por os ler sobretudo porque gostei do primeiro que li “Um Amor em Tempos de Guerra” e, fico sempre a esperança que o próximo será tão bom como esse.E foi essa a principal razão de ter pegado neste seu último livro.De obra em obra, constatei que “Um Amor em Tempos de Guerra” havia sido uma es [...]

    3. Maria Carmo on said:

      Until recently, I had only read one book by this Author, one I enjoyed. Now, I again went into one of his stories, to find a Portuguese family deeply entwined in the abrupt happenings of the Spanish Civil War, from 1936 to 1939. The characters are believable and likable, the plot is interesting, always alternating events in 1936 with others in 1938, the prose is easy and fluent. I am enjoying this Author!Maria Carmo,Lisbon 18 January 2016.

    4. Micaela Pinto on said:

      Foi o primeiro livro que li deste autor e gostei da sua escrita. A ação passa-se no tempo da Guerra Civil Espanhola quando Portugal ainda se encontrava sob o regime ditatorial de Salazar. Fala de dois irmãos portugueses que ocuparam lados opostos da guerra e daquilo que persiste mesmo em tempo de guerra - a esperança - e de como no meio da guerra encontraram o amor.

    5. Paulo Reffoios on said:

      Leve, lê-se rapidamente, os livros dos nossos amigos são sempre de leitura obrigatória.

    6. Inês on said:

      Na primeira metade do livro, custou-me um pouco a entrar no ritmo e a minha leitura foi, assim, mais lenta. Porém, gostei bastante da segunda metade.

    7. Miguel on said:

      Lamechas.Poucas personagens e todas apaixonadas umas pelas outras.Leve, levezinho, para um "público alvo" veraneante parece-me que foi o primeiro e o último livro que li do Júlio Magalhães.

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *